Não fique refém dos seus próprios pensamentos

Atualizado: Jan 18


Você já deixou de fazer alguma coisa por pensar que não é capaz?


Você ouve uma vozinha na sua cabeça constantemente dizendo que você não vai conseguir aquilo que deseja e que inclusive não deveria nem tentar?


Vez ou outra, todo mundo escuta essa voz. Mas você já parou para pensar que é você mesma que está te falando essas coisas horríveis?


Faça esse exercício: Se imagine falando essas coisas que você pensa sobre você mesma para outra pessoa, alguém que você tenha carinho.


Se sentiu incomodada?


Esses tipos de pensamentos são comuns em pessoas ansiosas. Além gerar angústia, pensar dessa forma nos leva a nos desvalorizar. Desvalorizar toda a nossa história.


Você passa a ficar cega. Não consegue ver todas as coisas boas que fez e conquistou, seus avanços. Ou quando vê, pensa que são pequenos demais, insignificantes.


Isso faz com que sua autoestima fique cada vez mais baixa e você passa a ter uma visão distorcida de quem você realmente é e do que você merece receber da vida, das outras pessoas e de você mesma.


Pessoas que ficam reféns de seus pensamentos dessa forma, pensam que precisam aceitar qualquer coisa que as outras pessoas oferecem. Inclusive quando o que é oferecido é nada ou é algo ruim, que te faz mal.

E como sair disso?


O processo de voltar a se amar, se enxergar e se valorizar necessita de trabalho diário. Não estar satisfeita com você mesma, não significa que precisa se maltratar, se desmerecer.


É possível se amar e desejar mudar algo em você mesma. A diferença é o respeito ao seu processo individual. É saber dizer NÃO ou dizer SIM quando deseja. É saber que aquilo que não te satisfaz em você não pode predizer a sua felicidade ou o que você merece receber de você mesma ou dos outros.


O processo envolve recuperar memórias antigas, boas e ruins. Cuidar dos machucados que não cicatrizaram e aprender a se ver com todo esse emaranhado de histórias, cicatrizes, sorrisos, conquistas e dias bons e ruins.


Não se reduza a experiências, condições e características pontuais da sua vida.


Você é um universo de acontecimento singulares e continua em constante transformação. Isso se traduz em possibilidades infinitas de Ser.



21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Me siga nas redes sociais!

  • SoundCloud ícone social
  • Facebook ícone social
  • Instagram

© 2020 por Tayrini Martins de Oliveira

 Política de Privacidade e Termos de Uso

ícone - WhatsApp